Erros que cometemos ao prender o cabelo

setembro 01, 2015

Quais os erros que mais cometemos ao prender o cabelo?

Quais os erros que mais cometemos ao prender o cabelo? As vezes temos um hábito tão comum que nem sempre prestamos muita atenção e que essas coisas podem detonar os fios, saiba quais são esses.

Prender os fios molhados: O cabelo úmido fica sensível e precisa de cuidados a mais para não quebrar. Vale lembrar que mechas molhadas são mais pesadas, o que facilita o rompimento. Aí já viu: o frizz aparece com tudo! Caso isso se torne um hábito rotineiro, podem rolar doenças no couro cabeludo, como a seborreia (excesso da produção de sebo) e dermatite (inflamação da pele).

Amarrar muito forte: Apertar demais o elástico ou a faixa é bem ruim, pois o fio fica supertensionado e vai perdendo força até se quebrar. A pressão excessiva nos folículos capilares (onde fica a raiz) pode machucá-los e, em casos mais graves, causar até a queda. Sem contar que é possível dar uma dorzinha de cabeça, né? Use um spray fixador para deixar o penteado mais firme.

Dormir com o cabelo preso: Quando dormimos com os fios amarrados, colocamos mais pressão neles. Quanto mais nos mexemos durante o sono, maior a tensão sobre o cabelo. Solte-o antes de ir para a cama.

Usar o acessório errado: Na hora de escolher o elástico ou a faixa de cabelo, opte por modelos revestidos com tecido. Para as presilhas tipo piranha, as opções de plástico são ideais. O atrito da borracha e do metal com os fios pode quebrá-los com maior facilidade.

Não variar nunca o penteado: Prender o cabelo repetidamente da mesma maneira pode aumentar a chance de quebra. Isso acontece, pois a pressão constante no mesmo lugar deixa a mecha mais sensível e enfraquecida. Bora variar o visual!

You Might Also Like

1 comentários

  1. Faz um tempinho que eu acompanho o seu Blog e estou o visitando por mais vezes, sempre trazendo algo diferente parabéns

    ResponderExcluir

Like us on Facebook

Pinterest Images

Follow us on Twitter